2ª VARA DA JUSTIÇA FEDERAL DE UMUARAMA
imagem não disponível
Lote 4.0
Tipo do Bem AGRUPAMENTO
Valor de Avaliação R$ 72.700,00
Valor 1º Leilão R$ 36.350,00
Valor 2º LeilãoR$ 36.350,00
Status Em V. Direta
Número de visitas 66
Visualizar Edital Imprimir Lote Curtir no Facebook Twittar
a) uma Urdideira, marca Ribeiro, com inversor frequência, código 45, 1012, 3,20 mts, avaliado em R$ 9.500,00; b) uma Urdideira, marca Coltro, com inversor frequência, código 61, 151201, 2,80 mts, avaliado em R$ 8.000,00; c) um Tear, marca HOWA, 70 polegadas, maquineta mecânica, NYAT70, 24880, 1,70 mts, avaliado em R$ 4.800,00; d) um Tear, marca HOWA, 70 polegadas, maquineta mecânica, NYAR70, 25279, 1,70 mts e) um Tear, marca HOWA, 70 polegadas, maquineta mecânica, NO12B, 23459, 1,70 mts, avaliado em R$ 4.800,00; f) um Tear, marca HOWA, 70 polegadas, maquineta mecânica, NY4R70, 20332, 1,70 mts, avaliado em R$ 4.800,00; g) um Tear, marca HOWA, 70 polegadas, maquineta mecânica, NYAR70, 26551, 1,70 mts, avaliado em R$ 4.800,00; h) um Tear, marca HOWA, 70 polegadas, maquineta mecânica, NY4R70, 26439, 1,70 mts, avaliado em R$ 4.800,00; m) um Tear, marca HOWA, 70 polegadas, maquineta mecânica, NY4R70, 26450, 1,70 mts, avaliado em R$ 4.800,00; o) um Tear, marca HOWA, 70 polegadas, maquineta mecânica, NY4B70, 80157, 1,70 mts, avaliado em R$ 4.800,00; q) um Tear, marca RIBEIRO, M2, maquineta staubli, 234, 179, 2,30 mts, avaliado em R$ 6.000,00; r) um Tear, marca RIBEIRO, M2, maquineta staubli, 235, 178, 2,30 mts, avaliado em R$ 6.000,00; t) um elevador industrial, trifásico, 220W, E 0075, 4.5 ton., avaliado em R$ 4.800,00.
Proposta pagamento parcelado

Art. 895 do Código de Processo Civil: Saiba como proceder.

Internauta Data Hora Valor Proposta
{{Internauta}} {{Data}} {{Hora}} {{ValorProposta}}

Login do usuário

Ainda não é cadastrado? Clique aqui

Caso tenha esquecido sua senha recupere-a aqui

Localização Klöckner

Avenida Carlos Gomes, 226 - Térreo

Zona 05, Maringá - PR | Fone - Fax: (44) 3026-8008

Todos os direitos reservados Klöckner Leilões ©